Jiu-Jitsu

O Jiu-Jitsu nasceu na Índia e era praticado por monges budistas. Preocupados com a auto defesa, os monges desenvolveram uma técnica baseada nos princípios do equilíbrio, do sistema de articulação do corpo e das alavancas, evitando o uso da força e de armas. Com a expansão do budismo, o Jiu-Jitsu chegou ao Japão, onde se desenvolveu e se popularizou. Ao modificar as regras internacionais do Jiu-Jitsu japonês, Carlos Gracie iniciou o primeiro caso de mudança de nacionalidade de uma luta. Anos depois, a arte marcial japonesa passou a ser denominada Jiu-Jitsu brasileiro, sendo exportada para o mundo todo. O Jiu-Jitsu é o esporte que mais queima calorias. Pode ser praticado por crianças, jovens e adultos de ambos os sexos. O objetivo do Jiu-Jitsu é formar campeões no tatame e na vida.